Plano odontológico: grandes oportunidades para os corretores de seguros

Com bom preço e muitas vantagens, o plano odontológico é uma ótima oportunidade para aumentar as suas vendas. Saiba mais sobre esse produto.

Você sabia que a recomendação dos dentistas é que todo mundo vá a uma consulta para realizar uma limpeza pelo menos duas vezes ao ano? Foi há pouco tempo que a saúde bucal passou a estar mais presente entre as preocupações da população brasileira. Essa popularização se deu, em grande parte, pela criação do plano odontológico.

Neste artigo, vamos mostrar como esse segmento é promissor para impulsionar as vendas dos corretores de seguros e por que a sua comercialização ainda pode ajudá-lo a fechar mais negócios de Seguro Saúde. 

Potencial do plano odontológico

O segmento de plano odontológico vem crescendo acima da média dos próprios planos de saúde. Em 2018, por exemplo, entre maio e agosto, quase 700 mil novos planos foram contratados, um aumento de 3%. Nesse mesmo período, os planos médico-hospitalares avançaram apenas 0,2%, de acordo com dados do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

Esse cenário mostra que o plano odontológico está em ascensão, mesmo em um período de crise econômica. Isso nos lembra de outra vantagem desse seguro: ele é muito mais barato que o plano de saúde, sendo que os procedimentos de um tratamento odontológico não necessariamente custam menos que atendimentos médicos.

Segundo o Sindicato Nacional de Odontologia de Grupo (Sinog), o ticket médio dos planos de Odonto é de R$ 14,65, enquanto o dos planos de saúde é de R$ 263,60. Já uma simples limpeza particular em São Paulo custa algo em torno de R$ 111,00, e um tratamento de canal fora do plano pode exigir o desembolso de mais de R$ 600,00.

Ou seja, além de barato, o plano odontológico é vantajoso. Use e abuse desses argumentos na hora de fechar negócios no segmento. O público é mais um incentivo para investir no ramo, visto que apenas pouco mais de 23 milhões de brasileiros – entre os mais de 200 milhões de habitantes – já possuem essa cobertura contratada. Isso significa que mais de 170 milhões de pessoas podem se tornar seus clientes com esse produto.

Os planos costumam cobrir consultas, cirurgias orais, obturações, tratamento de canal, radiologia e odontopediatria.

Ofereça o plano odontológico para empresas

O plano odontológico empresarial é o que responde pela maior parte dos beneficiários desse segmento, com 16,9 milhões, quase 75% do total. Investir nesse nicho, além de ser um ótimo negócio por garantir um maior volume de contratações do que em vendas individuais, pode ser a sua porta de entrada para vender outros seguros dentro da companhia – como o próprio plano de saúde.

Para qualquer empresa, é sempre importante manter os seus colaboradores satisfeitos e motivados. Isso influencia diretamente na sua produtividade. Em sua abordagem, evidencie a importância de oferecer um benefício que não está entre os obrigatórios por lei, como é o caso do plano odontológico.

Depois disso, argumente sobre como o investimento será baixo em comparação ao efeito positivo que irá gerar nos funcionários, e aproveite para lembrar que empresas que aderem a esse benefício podem abater o valor cobrado pelo Imposto de Renda.

Também mencione que o número de atestados e licenças por conta de problemas bucais também vai diminuir.

Comissão do plano odontológico

Por último, mas não menos importante, o plano odontológico é um produto que pode garantir ao corretor de seguros comissões muito boas, de até 300%, e possibilitar campanhas de vendas mais agressivas quando comparado a outros ramos de seguros e ao de saúde.

Aprenda um pouco mais com o artigo Seguro Saúde + Odonto: feche mais negócios ao ofertar este combo.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O que achou deste conteúdo?

Recomendados para você: